Se você procura boas opções de moda praia, certamente, já deve ter se perguntado como os biquínis são feitos, não é mesmo? Esse tipo de curiosidade costuma ser muito comum diante da dificuldade de encontrar um look que se ajuste bem ao corpo, valorize as curvas e ainda tenha qualidade. Com tanta variedade no segmento de moda atualmente, alguns modelos destacam-se com tecidos tecnológicos.

Portanto, o melhor caminho para fazer boas escolhas é conhecer tudo o que acontece no processo de fabricação. A partir de um olhar apurado, fica muito mais simples definir suas preferências sem deixar de lado a beleza dos cortes e uma proposta inovadora.

Quer saber mais? Vamos mostrar o passo a passo da produção dos biquínis. Acompanhe!

Processo de criação

O primeiro passo durante o processo de criação é colocar no papel a ideia do modelo de biquíni. O desenho do molde contém o formato da peça com as medidas necessárias do diâmetro. Durante essa etapa, devem ser avaliados o conforto no corpo, o perímetro, a altura das costas e frente. A partir disso, fica muito mais simples imaginar o resultado final.

Os fios costumam ser produzidos na etapa de fiação com base na combinação de nylon ou poliamida. O grande segredo está em pensar na confecção para que o material seja resistente tanto na água quanto na areia em altas temperaturas. Essa etapa acontece ao inserir o tecido existente no derretimento do polímero com a aplicação dos aditivos, que fazem toda a diferença na qualidade do trabalho.

Etapas de modelagem

Saiba que é possível confeccionar peças de moda praia com qualquer tipo de máquina reta doméstica. Basta que a costura seja realizada com a função de ponto zigue-zague.

No entanto, na produção de grande escala das fábricas profissionais, o processo tende a ser feito de forma mais acelerada para gerar um bom número de produtos. Tudo depende do material utilizado, já que, por exemplo, um modelo de crochê tende a ser costurado com agulha na mão.

Os mais tradicionais passam pela modelagem com a construção de técnicas que avaliam o tamanho e as dimensões. Nesse caso, o método geométrico costuma ser o mais utilizado em fábricas do mundo todo. Essa preferência acontece pela garantia de um traçado perfeito tanto a partir de medidas únicas ou com as instruções de uma tabela industrial.

Escolhas de tecidos

A escolha do tecido de uma roupa moda praia é fundamental para quem quer saber como os biquínis são feitos com qualidade. Isso porque, como a peça muitas vezes vai ser usada molhada, precisa ter boa aderência ao corpo e não causar nenhuma sensação de desconforto.

Dessa maneira, torna-se indispensável levar em consideração todas as etapas do processo de produção para definir qual tipo de material usar. Lembre-se também de que, além de durabilidade, o biquíni deve ser desejado por valorizar a beleza pessoal. Veja abaixo as variações de lycra usadas na composição:

  • poliamida: alta resistência com baixa capacidade de absorção de umidade;
  • elastano: alta durabilidade e boa resistência aos procedimentos de fabricação.

Finalização

A finalização do biquíni tem total relação com o acabamento de qualidade exigido para fazer sucesso. A estampa é feita em diferentes tipos de máquinas. Em alguns casos, ela também pode ser produzida com processos digitais ou de impressão.

A malha estampada precisa descansar durante algumas horas antes da tintura para receber os cortes finais junto à costura do forro. O passo a passo é muito minimalista para garantir a modelagem correta e os detalhes bem colocados do elástico.

Agora você já sabe como os biquínis são feitos. O mais importante é ter em mente que, quando o foco de produção está direcionado à qualidade, o conforto será uma consequência natural. Afinal de contas, as peças de moda praia devem valorizar o corpo sem deixar de lado o bem-estar, essencial durante o verão.

Gostou das dicas do artigo? Então compartilhe nas redes sociais para que seus amigos também saibam os segredos por trás da moda praia.